HomeNOTÍCIAS

Votos brancos ou nulos são descartados e não interferem no resultado das eleições

Apesar de o voto ser obrigatório no Brasil, o eleitor pode decidir votar em branco ou anular.As opções costumam ser escolhidas pelo cidadão que

Legislação eleitoral proíbe a boca de urna que pode levar à prisão
Zezé Di Camargo questiona TSE sobre transparência nas urnas
Câmara aprova texto que altera Lei da Ficha Limpa e flexibiliza prazo da inelegibilidade

Apesar de o voto ser obrigatório no Brasil, o eleitor pode decidir votar em branco ou anular.

As opções costumam ser escolhidas pelo cidadão que quer demonstrar sua insatisfação com os candidatos ou com o quadro político, de uma forma geral.

No entanto, os votos brancos ou nulos só servem para fins estatísticos, pois são descartados na apuração do resultado eleitoral. Isso significa que eles não favorecem, mas também não prejudicam os candidatos.

Veja também

Mesmo que a metade dos eleitores vote nulo ou branco, a eleição não será anulada e a única consequência será a redução dos votos válidos, explica a professora de Direito Eleitoral, Ana Paula Oliveira Mendes. A opção para votar em branco está disponível na urna eletrônica.

Já para anular, o cidadão deve digitar uma sequência numérica que não corresponda a nenhum candidato ou partido. Mas vale lembrar, de acordo com a Agência Câmara, que no caso dos candidatos à presidência da República, por exemplo, será eleito o que tiver maioria absoluta dos votos, excluídos os brancos e nulos.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0