HomeNOTÍCIAS

Vereador alerta sobre os perigos do uso de linhas cortantes em pipas. “Quase tive meu pescoço cortado”

Vereador alerta sobre os perigos do uso de linhas cortantes em pipas. “Quase tive meu pescoço cortado”

O parlamentar também solicitou uma maior fiscalização por parte dos órgãos competentes, a fim de coibir a comercialização e o uso ilegal dessas linhas

União reforça elenco com duas contratações para a segunda fase do Paulistão da Segundona
Nesta sábado (2), o comediante Gio Lisboa apresenta novo show “FORA DA CASINHA” em Araras, SP
Homem é preso pela Polícia Militar após ameaçar mãe de morte com faca em Araras, SP

O parlamentar também solicitou uma maior fiscalização por parte dos órgãos competentes, a fim de coibir a comercialização e o uso ilegal dessas linhas.

Na noite de segunda-feira, (10) de julho, durante a sessão ordinária na Câmara Municipal, o vereador Mané da Rádio chamou a atenção dos pais e responsáveis para os riscos envolvidos no uso de linhas cortantes em pipas. Em seu pronunciamento durante a palavra livre, o vereador destacou que o uso de linha com cerol e linha de chilena é considerado crime.

Com a chegada das férias escolares, é comum que crianças e adolescentes se dediquem ao entretenimento ao ar livre, e soltar pipas é uma atividade popular nesse período. No entanto, muitas vezes os perigos associados ao uso inadequado de linhas cortantes são negligenciados.

Mané da Rádio relatou sua própria experiência recente, em que por pouco escapou de um acidente grave. “Essa semana, quase fui vítima de uma linha cortante. Se não tivesse conseguido desviar, meu pescoço poderia ter sido cortado”, alertou o vereador. Ele destacou a importância de os pais estarem atentos e tomarem medidas preventivas para garantir a segurança de seus filhos durante essa atividade recreativa.

A linha com cerol é uma mistura de cola e vidro moído, usada para aumentar o poder de corte da linha da pipa. Já a linha de chilena é produzida com materiais ainda mais perigosos, como fios de aço ou lâminas. Ambas representam um sério risco para a integridade física não apenas dos usuários, mas também de pedestres, ciclistas e motociclistas que possam cruzar seu caminho.

A utilização dessas linhas cortantes é proibida por lei, visando à preservação da segurança de todos. Mané da Rádio ressaltou a importância de conscientizar a população sobre os perigos e os riscos legais envolvidos no uso desses materiais. Ele também solicitou uma maior fiscalização por parte dos órgãos competentes, a fim de coibir a comercialização e o uso ilegal dessas linhas.

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0