HomeNOTÍCIAS

TSE e Telegram formalizam parceria de enfrentamento a desinformação

O Tribunal Superior Eleitoral e o aplicativo de mensagens Telegram formalizaram nesta terça-feira parceria para o enfrentamento da desinformação. Com

Restaurante processa jovem em R$ 2,3 milhões após vídeo em que ele lambe frasco de molho viralizar
Pesquisa revela que internet é a principal fonte de informação em Araras, SP
SAIBA COMO SE PROTEGER: Instagram poderá usar suas fotos para treinar IA

O Tribunal Superior Eleitoral e o aplicativo de mensagens Telegram formalizaram nesta terça-feira parceria para o enfrentamento da desinformação. Com isso, o TSE passa a ser o primeiro organismo eleitoral do mundo a assinar esse tipo de acordo com a plataforma.

O TSE também anunciou o lançamento do canal verificado da Corte na plataforma digital. A medida foi destaque no discurso do presidente do TSE, ministro Edson Fachin, na abertura da sessão plenária realizada na noite desta terça-feira (18) de maio.

SAIBA MAIS

Pelo acordo, está prevista a adoção de uma ferramenta para marcar conteúdos considerados desinformativos e de um canal extrajudicial ao TSE para que possam ser realizadas denúncias dentro da plataforma. Já o Telegram realizará uma investigação para apurar se os canais denunciados violaram políticas internas.

Fachin comemorou a celebração do acordo com o Telegram, tendo em vista a realização das eleições de outubro.

Em março, o Telegram também aderiu ao Programa Permanente de Enfrentamento à Desinformação promovido pelo Tribunal, com o objetivo de combater a propagação de notícias falsas por meio da plataforma.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0