HomeNOTÍCIAS

Trabalhadores tem utilizado o vale-refeição para consumir mais carne

Segundo dados, houve um aumento de 46% no consumo de carne pelos trabalhadores que utilizam o vale-refeição. Saiba mais!O vale-refeição tem auxi

Temporal arrasa litoral norte de SP e mata 3 pessoas; Tarcísio anuncia operação de resgate com Exército
Prefeituras, incluindo a de Araras, assinam acordos para a extinção de milhões de ações de cobrança
Bicicletas são furtadas no centro da cidade de Leme, SP

Segundo dados, houve um aumento de 46% no consumo de carne pelos trabalhadores que utilizam o vale-refeição. Saiba mais!

O vale-refeição tem auxiliado os trabalhadores a consumirem mais alimentos, segundo os dados da Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador (ABBT). Encontrou-se um aumento de 46% no consumo de carne pelos trabalhadores que utilizam o vale-refeição, e isso pode ter relação com o alto preço da proteína.

De acordo com a diretora executiva da ABBT, Jessica Srour, os trabalhadores estão aproveitando para comer nos restaurantes, coisas que ficam muito caras para comprar no supermercado.

Outro tipo de alimentos que sofreram um aumento de consumo nos restaurantes com o vale foram as verduras, legumes, carboidratos, sucos naturais e proteínas vegetais.

Veja também

Se fomos levar em conta o aumento da inflação dos alimentos, torna-se compreensível este aumento de consumo com o vale-refeição. O mês de julho, por exemplo, marcou o aumento de 1,30% no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), relacionado a alimentos e bebidas.

Apesar do vale-refeição beneficiar o brasileiro na hora de se alimentar no trabalho, a inflação reduziu o poder de compra deste vale para 13 dias, pois a média de custo do almoço subiu nos últimos meses, causando uma desvalorização do vale.

Um levantamento da Sodexo Benefícios e Incentivo mostrou que uma refeição está custando em média R$ 40,64. O mesmo levantamento mostrou que a média de dias trabalhados no país é de 22, e que antes da alta da inflação, o vale-refeição costumava cobrir 18 destes dias. Hoje o brasileiro consegue comer 5 dias a menos com seu vale, tendo que tirar do bolso a diferença.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0