Temperaturas mais baixas aumentam o risco de doenças respiratórias em idosos e crianças

HomeNOTÍCIAS

Temperaturas mais baixas aumentam o risco de doenças respiratórias em idosos e crianças

Onda de frio extremo deve dar uma trégua nos próximos dias e a previsão é de chuva no Norte e no Nordeste. No Sul, Sudeste e Centro-Oeste, apesar

Além da cabeça, enxaqueca provoca dores no pescoço e nos ombros
Felipe Neto diz que segue como ‘morto’ no banco de dados do Ministério da Saúde
Saúde vai pesar no bolso do consumidor: convênios preveem reajuste acima de 15% com mais gastos médicos
PUBLICIDADE

Onda de frio extremo deve dar uma trégua nos próximos dias e a previsão é de chuva no Norte e no Nordeste.

PUBLICIDADE

No Sul, Sudeste e Centro-Oeste, apesar de as temperaturas subirem um pouco, o tempo permanecerá seco, de acordo com a Climatempo.

Este ano o inverno começa em 21 de junho e a expectativa é que seja mais rigoroso, como já foi verificado em alguns dias do outono.

O tempo frio eleva o risco de doenças respiratórias e as principais vítimas são as crianças com menos de cinco anos, os idosos e os imunossuprimidos.

PUBLICIDADE

SAIBA MAIS

As infecções mais comuns verificadas nesta época do ano são a sinusite, gripes e resfriados, além do agravamento dos quadros de rinite alérgica, asma, bronquite e doença pulmonar obstrutiva crônica, a DPOC.

O Ministério da Saúde reforça a importância de as pessoas que fazem parte do grupo de risco tomarem a vacina contra a gripe para ficarem mais protegidas.

Outros cuidados são higienizar sempre as mãos, manter os ambientes ventilados, proteger a boca ao tossir, beber bastante água e adotar uma alimentação balanceada e saudável.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0