HomeNOTÍCIAS

Produção nacional de motos atinge mais de 1 milhão de unidades em 2022

Resultado representa avanço de 18,2% em relação a 2021, segundo a Abraciclo.Sinalização de retomada de crescimento do setor, a produção nacional

O novo modelo de incentivo para os funcionários de grandes empresas
Em dezembro de 2023, preço do arroz atinge o maior valor em dezoito anos
Confira algumas dicas de como economizar no supermercado

Resultado representa avanço de 18,2% em relação a 2021, segundo a Abraciclo.

Sinalização de retomada de crescimento do setor, a produção nacional de motocicletas atingiu 1.413.222 unidades em 2022, o que representou avanço de 18,2% em comparação com o ano anterior, quando foram produzidas 1.195.149 unidades no Polo Industrial de Manaus, conforme dados divulgados, nesta terça-feira (17) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Reforçando a tendência positiva, em dezembro último, foram fabricadas 85.117 unidades, volume 11,5% superior a igual mês de 2021, que produziu 76.359 unidades, 34,1% inferior à produção de novembro, de 129.216 motocicletas.

Com a recuperação das vendas, após enfrentar desafios como surtos de Covid-19 na cidade de Manaus, o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian observa que “depois disso, o ritmo de produção cresceu mês a mês para atender ao consumidor que passou a utilizar a motocicleta como instrumento de trabalho, evitar a aglomeração no transporte público ou ter maior agilidade e mobilidade nos centros urbanos”.

Quanto ao recuo da produção em dezembro, o dirigente da associação explicou que tal retração ‘já era esperada’, por conta de férias coletivas já programadas. “Nesse período, as fábricas aproveitam para realizar serviços de manutenção e instalar novos equipamentos nos centros de produção”, sustentou Fermanian.

Veja também

Com 22 dias úteis, a média de emplacamentos em dezembro foi de 6.009 unidades/dia. Na comparação com o mesmo mês de 2021, que teve um dia útil a mais, houve alta de 23% ou 4.885 unidades por dia). Já em relação a novembro, com dois dias úteis a menos, houve recuo de 2,5%, referente à produção de 6.161 motocicletas por dia.

No plano de comércio exterior, as exportações do país somaram 55.338 unidades em 2022, um avanço de 3,5% ante o ano anterior, que registrou 53.476 motocicletas. A projeção revisada era embarcar 59 mil unidades.

Segundo o portal de estatísticas de comércio exterior ‘Comex Sta’t, a Colômbia foi o principal destino das motos nacionais, ao responder por 15.686 unidades, com participação de 27,6% do volume exportado. Na segunda posição, vem a Argentina, que recebeu 13.538 motocicletas e participou com 23,8% das exportações totais, enquanto o terceiro do ranking foi os Estados Unidos, que importou 12.211 unidades e participou com 21,5% das exportações nacionais.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0