HomeNOTÍCIAS

O Real pode acabar se a moeda continental da América do Sul for criada?

O presidente Lula, junto com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, mostrou interesse na criação de uma moeda continental. Mas o que acontece c

BB e Caixa suspendem crédito consignado para aposentados
Petrobras reduz preço de asfalto em 6,4% nas refinarias
Índice que reajusta contratos recua e aluguéis que vencem em março ficarão quase 2% mais caros

O presidente Lula, junto com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, mostrou interesse na criação de uma moeda continental. Mas o que acontece com o Real nessa situação?

Recentemente, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajou à Argentina e se reuniu com o presidente Alberto Fernández. Juntos, eles publicaram um artigo no diário Perfil da Argentina. O texto, que foi assinado pelos dois presidentes sul-americanos, falava sobre o desenvolvimento de uma moeda de uso comum no continente da América do Sul.

A moeda, que se criada vai ser chamada de “Sur”, seria uma maneira de facilitar as transações financeiras e comerciais entre os doze países do continente. Dessa maneira, a moeda continental sul-americana teria suas taxas reduzidas, reduzindo, consequentemente, a vulnerabilidade desses países.

Apesar de parecer uma novidade, essa ideia de moeda de uso comum em toda América do Sul não é assunto de hoje. Em 2002, quando esteve em seu primeiro mandato, o presidente Lula já havia mostrado interesse na criação dessa moeda.

Veja também

O ex-presidente, Jair Messias Bolsonaro, também esteve junto ao ex-presidente argentino, Mauricio Macri, para discutir a proposta da moeda continental sul-americana. Contudo, nenhum desses projetos teve andamento.

Hoje, a maior moeda de um bloco econômico é o euro. Atualmente, € 1 custa R$ 5,59. 20, além disso, 27 países da União Europeia usam essa moeda.

O Financial Times, que é o jornal econômico mais importante do mundo, noticiou que a “Sur” seria a segunda maior moeda de um bloco econômico. Mas afinal, o que acontecerá com o Real, caso essa moeda realmente seja criada?

A moeda faria com que os países da América do Sul fossem mais independentes do dólar americano. Com as taxas reduzidas, o comércio sul-americano seria fortalecido. Mas sobre a questão do Real, a moeda não seria substituída.

O planejamento é que a “Sur” seja usada de maneira paralela às moedas vigentes, tanto aqui quanto na Argentina. Posteriormente, os outros países seriam convidados a integrar a moeda. Contudo, até que a moeda seja efetivamente criada e passe a valer em todo continente pode demorar anos.

Há muitas questões sobre sua implementação, o esperado é que se tenha mais notícias acerca do assunto em breve.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0