HomeNOTÍCIAS

Mesmo com muitas festividades Brasil ocupa a 49º posição no ranking entre as nações mais felizes

Mesmo com muitas festividades Brasil ocupa a 49º posição no ranking entre as nações mais felizes

Nação cai onze posições no ranking dos países mais felizes do mundo. Relatório mostra que, apesar de várias situações ruins, a maioria das populações

Adolescente descobre que sofria bullying virtual da própria mãe há um ano
Homem vence na loteria e esconde de sua filha e esposa
Raios atingem acampamento de manifestação em frente ao QG e quatro pessoas ficam feridas

Nação cai onze posições no ranking dos países mais felizes do mundo. Relatório mostra que, apesar de várias situações ruins, a maioria das populações continua resistente.

O que é felicidade para você? A felicidade está em objetos, situações? Sim, e não! De acordo com o dicionário, felicidade é o estado de quem é feliz, um sentimento de bem-estar e contentamento.

Os filósofos associam a felicidade com o prazer, com os sentimentos e emoções. Segundo Aristóteles, a felicidade seria o equilíbrio e harmonia, e a prática do bem.

A Organização das Nações Unidas (ONU), divulgou um relatório mundial da felicidade, publicado nesta segunda-feira, (20) de março, posiciona o Brasil em 49º (quadragésimo novo) lugar no ranking entre os países mais felizes do mundo.

Contudo, de acordo com a divulgação o país teve uma queda de 11 posições em relação à pesquisa anterior.

O relatório da ONU, respalda-se em dados de pesquisas realizadas em mais de 150 países. Os países são classificados com base em suas avaliações médias de vida nos três anos anteriores, neste caso, de 2020 a 2022.

LEIA TAMBÉM

Mulher cai em golpe e paga 3 mil reais por bandeja de ovo em Araras, SP

Justiça condena banco a devolver mais de R$ 27 mil para idoso que caiu no golpe da falsa central telefônica

Olha o golpe! Criminosos usam dados de cliente e música do banco para tentar enganar vítima

Em 2022, quando foram considerados os dados entre 2019 e 2021, o Brasil estava em 38º lugar.

Já em 2020, com dados de 2017 a 2019, o país estava na 29ª posição. No entanto, em 2015, era o 16º mais feliz do mundo.

Segundo os organizadores, a pesquisa utiliza seis fatores-chave para compor o ranking: apoio social, renda, saúde, liberdade, generosidade e ausência de corrupção.

Os governos, dizem os pesquisadores, estão usando cada vez mais essa análise para orientar as políticas para a felicidade.

O Relatório de Felicidade deste ano também mostra que, apesar de várias crises sobrepostas, a maioria das populações ao redor do mundo continua notavelmente resiliente, com médias globais de satisfação com a vida nos anos COVID-19 2020-2022 tão altas quanto as dos anos pré-pandêmicos.

Finlândia permanece na primeira posição pelo sexto ano consecutivo. A Lituânia é o único novo país entre os vinte primeiros, tendo subido mais de 30 posições desde 2017. O Afeganistão e o Líbano, devastados pela guerra, continuam sendo os dois países mais infelizes da pesquisa, com avaliações médias de vida mais de cinco pontos abaixo (em uma escala que vai de 0 a 10) do que nos dez países mais felizes.

Os dez primeiros países:

Finlândia
Dinamarca
Islândia
Israel
Holanda
Suécia
Noruega
Suíça
Luxemburgo
Nova Zelândia

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0