Mais de 625 mil pessoas terão que devolver o auxílio emergencial

HomeNOTÍCIAS

Mais de 625 mil pessoas terão que devolver o auxílio emergencial

Cidadãos que receberam o benefício de forma indevida serão notificados via SMS com orientações sobre o processo. Mais de 625 mil pessoas terão qu

Auxílio vitalício de R$ 1.200. Quem tem direito ao benefício
Saiba como se inscrever no Cadastro Único
Auxílio Brasil deve ser pago em dezembro
PUBLICIDADE

Cidadãos que receberam o benefício de forma indevida serão notificados via SMS com orientações sobre o processo.

PUBLICIDADE

Mais de 625 mil pessoas terão que devolver o auxílio emergencial. Cerca de 625 mil brasileiros que receberam o auxílio emergencial indevidamente terão que devolver o benefício. O Ministério da Cidadania está enviando orientações via SMS sobre como realizar a devolução voluntária de recursos para quem não se enquadra nas exigências do programa.

O grupo é formado por pessoas que, após o envio da declaração do Imposto de Renda 2021, foram notificadas que teriam que estonar as parcelas. Este é o terceiro lote de mensagens enviado pela pasta, e também inclui pessoas que se cadastraram no auxílio emergencial sem ter direito.

Leia também:

A devolução do dinheiro precisa ser feita por quem tinha renda incompatível com o programa, vínculo empregatício ou recebia outro benefício do governo federal junto com o auxílio, como como aposentadoria ou seguro-desemprego.

PUBLICIDADE

Após o envio das duas primeiras rodadas de mensagens, cerca de R$ 66,3 milhões foram devolvidos aos cofres públicos. O pagamento é feito por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF).

Conteúdo das mensagens

Para evitar golpes e fraudes, o Ministério da Cidadania divulgou o formato das mensagens. Elas são enviadas pelos números 28041 ou 28042, e contém parte do CPF do beneficiário e um link iniciado com gov.br.

Veja o conteúdo do SMS enviado, de acordo com a situação de cada cidadão:

  • Pessoas que estavam fora das regras: “O CPF ***.456.789-** tem parcelas a devolver do Auxílio Emergencial. Devolva todas as parcelas em gov.br/devolucaoae. Fraude denuncie em gov.br/falabrae”.
  • Beneficiário do Bolsa Família que recebeu fora das regras: “O NIS ***456.789** tem parcelas a devolver do Auxílio Emergencial. Devolva todas as parcelas em gov.br/devolucaoae. Fraude denuncie em gov.br/falabrae”.
  • Chamados ExtraCad: “O CPF ***.456.789-** possui DARF do Imposto de Renda em aberto relativo ao Auxilio Emergencial. Pague o valor ou denuncie fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae”.
  • Inscritos no Cadastro Único e Bolsa Família com DARFs sem pagamento: “Consta DARF do Auxílio Emergencial em aberto no seu Imposto de Renda para o CPF ***.456.789-**. Pague o valor ou denuncie fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae”.

Qualquer mensagem fora desse padrão deve ser desconsiderada. Não clique em nenhum link enviado por outro número ou que venha em um formato diferente dos indicados acima.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0