HomeNOTÍCIAS

Homem é condenado a pagar à ex-esposa mais de R$ 1 milhão de salário por trabalho doméstico

Homem é condenado a pagar à ex-esposa mais de R$ 1 milhão de salário por trabalho doméstico

Durante o julgamento, ficou comprovado que a mulher, mãe de duas filhas, dedicou-se “essencialmente ao trabalho doméstico” desde que se casou, cuidand

Neto rebate críticas de Ronaldo Fenômeno
Kleber Lucas vê racismo no hino da Harpa “Alvo Mais Que a Neve”
Humorista Matheus Ceará revela luta contra ansiedade, síndrome do pânico e depressão em live

Durante o julgamento, ficou comprovado que a mulher, mãe de duas filhas, dedicou-se “essencialmente ao trabalho doméstico” desde que se casou, cuidando da casa e da família.

Um homem foi condenado por um tribunal espanhol a pagar à sua ex-esposa mais de 200.000 euros, em resultado de mais de duas décadas de trabalho doméstico durante o período em que estiveram casados.

A sentença, divulgada nesta terça-feira (7) de março, determinou que a mulher será “indenizada com 204.624,86 euros, quantificando o referido valor mediante a aplicação do Salário Mínimo Interprofissional em cada ano desde 1996”.

LEIA TAMBÉM

Mulher cai em golpe e paga 3 mil reais por bandeja de ovo em Araras, SP

Justiça condena banco a devolver mais de R$ 27 mil para idoso que caiu no golpe da falsa central telefônica

Olha o golpe! Criminosos usam dados de cliente e música do banco para tentar enganar vítima

A defesa da mulher explicou que o cálculo foi feito a partir de junho de 1995 até dezembro de 2020, totalizando 24 anos e meio. Durante o julgamento, ficou comprovado que a mulher, mãe de duas filhas, dedicou-se “essencialmente ao trabalho doméstico” desde que se casou, cuidando da casa e da família.

O homem também foi condenado a pagar uma pensão mensal para as filhas. Em entrevista à rádio Cadena Ser, a mulher explicou que o marido não a deixava trabalhar fora, embora ela o ajudasse em suas academias, e que se dedicava exclusivamente aos afazeres domésticos e a cuidar do marido e da casa.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0