Funcionários da Tesla, em Xangai, terão que dormir no chão da empresa

HomeGERAL

Funcionários da Tesla, em Xangai, terão que dormir no chão da empresa

O “chão de fábrica” da empresa Tesla, agora também se tornará um dormitório para seus funcionários. A expressão “chão de fábrica” se refere ao lo

Estudo mostra que beber acelera envelhecimento do cérebro
Anuncio de novo aumento da gasolina e do diesel
Petrobras aumenta o preço da gasolina, do diesel e do GLP
PUBLICIDADE

O “chão de fábrica” da empresa Tesla, agora também se tornará um dormitório para seus funcionários.

PUBLICIDADE

A expressão “chão de fábrica” se refere ao local da indústria onde a linha de produção é praticada. Ou seja, onde os funcionários e as máquinas transformam a matéria-prima em produtos. Entretanto, na Tesla, em Xangai, esse local será utilizado para dormitório dos funcionários também.

Na última segunda-feira (18) de abril, a imprensa teve acesso a um memorando que tratava sobre o novo regime da empresa, que será um circuito fechado, onde os funcionários não poderão retornar as suas casas depois do fim dos expedientes. Por isso, terão que dormir na empresa.

Motivo da decisão

A decisão veio pela vontade da montadores de seguir a produção ainda que com o lockdown implementado pelo governo chinês na cidade de Xangai. Dessa forma, os funcionários fariam o teste PCR nos primeiros três dias, teriam que lavar as mãos quatro vezes ao dia e medir as temperaturas.

LEIA TAMBÉM:

O governo chinês obrigou que a empresa envie o plano com todos os detalhes da proposta. E por isso, os protocolos de Elon Musk são rígidos.

O governo implementou, em todo país, a programa ‘’Covid Zero’’, pois, atualmente, o vírus voltou a se espalhar e os números chegam a 20 mil novos casos por dia.

Por isso, que as forcas governamentais adotaram o lockdown rígido em pontos estratégicos do país. Entretanto, vendo que a iniciativa não estava gerando efeitos, o poder público estendeu a medida para a cidade inteira. Nesse momento, o povo chinês só pode sair de casa para fazer compras e ir ao médico desde que com autorização prévia.

PUBLICIDADE

Sistema de circuito fechado

A tesla não estava preparada o suficiente para tal situação, visto que no interior da fábrica não tinha dormitórios. Por isso, os trabalhadores irão dormir no chão da fábrica.

A empresa irá oferecer aos funcionários um colchão e um saco de dormir e também promete construir banheiros para banho, entretenimento e refeitórios.

Essas construções ainda não têm data para serem concluídas, porém, os funcionários já sabem suas cargas horárias no sistema. A jornada será de 12 horas diárias durante 6 dias na semana até o dia 1º de maio. Depois dessa data, os funcionários poderão voltar para casa.

Os trabalhadores receberão por dia que ficarem na empresa, 400 yans que é mais ou menos 290 reais. A partir desse sistema, a Tesla pretende recuperar o déficit de produção.

Queda de produção

A fábrica da Tesla, em Xangai, produzia em média dois mil carros diariamente antes dos bloqueios. O déficit de produção chega a 40 mil carros, visto que são 20 dias de bloqueio.

Entretanto, a empresa registrou um lucro recorde em 2021. Dos 721 milhões de dólares da margem de 2020, em 2021, o lucro foi para 5,5 bilhões de dólares, em 2021.

Então, esse novo sistema tem como intenção recuperar a produção perdida, visto que, últimos estudos revelaram que mais horas trabalhadas não implicam em maior produtividade.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0