Desemprego recua 1,6% de agosto a outubro e atinge 12,9 milhões de pessoas, aponta IBGE

HomeNOTÍCIAS

Desemprego recua 1,6% de agosto a outubro e atinge 12,9 milhões de pessoas, aponta IBGE

Percentual é dado em comparação com o trimestre anterior, de maio a julho; queda é ainda maior quando comparada ao mesmo período de 2020, atingindo 2,

Assistente Fabricação, Pessoa Técnica Enfermagem do Trabalho, Aprendiz Armazém, Auxiliar Fabricação vaga exclusiva para pessoas com deficiência e mais – Nestlé abre várias vagas de emprego em Araras, SP
Projeto aprovado do 13º salário em dobro do INSS. Como receber?
PAT oferece vagas de emprego em diversas áreas na cidade de Araras, SP
PUBLICIDADE

Percentual é dado em comparação com o trimestre anterior, de maio a julho; queda é ainda maior quando comparada ao mesmo período de 2020, atingindo 2,5%.
PUBLICIDADE

Desemprego recua 1,6% de agosto a outubro e atinge 12,9 milhões de pessoas, aponta IBGE. A taxa de desemprego no Brasil caiu 1,6% de agosto a outubro deste ano, atingindo o patamar de 12,1%, em comparação com o trimestre anterior, de maio a julho, quando batia a marca de 13,7%.

O recuo é ainda maior, de 2,5%, na comparação com o mesmo período de 2020, quando a taxa de desocupação brasileira marcava 14,6%.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 28, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua.

Leia também:

PUBLICIDADE

Em números absolutos, no período de agosto a outubro, o Brasil contabilizou 12,9 milhões de pessoas desempregadas, 1,5 milhão de pessoas a menos que no trimestre anterior.

Já o número de pessoas empregadas registradas de julho a agosto foi de 94 milhões, 3,3 milhões (3,6%) a mais do que de maio a julho de 2021 – dentre os quais os empregados com carteira assinada no setor privados foi de 33,9 milhões de pessoas, 1,3 milhão (4,1%) a mais frente ao trimestre anterior, enquanto os sem carteira no setor privado foi de 12 milhões, 1 milhão (9,5%) a mais.

PUBLICIDADE

Os trabalhadores por conta própria foram 25,6 milhões, 638 mil (2,6%) a mais. A taxa de informalidade da população ocupada ficou em 40,7%, ou 38,2 milhões de trabalhadores informações.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0