Desempregados vão receber R$ 1.000 em programa; Saiba quem pode participar

HomeNOTÍCIAS

Desempregados vão receber R$ 1.000 em programa; Saiba quem pode participar

O Bolsa Empreendedor é um programa que tem como objetivo apoiar empreendedores informais e desempregados em situação de vulnerabilidade. Com gest

Saque de R$ 1.000 do FGTS vai de 20 de abril a 15 de junho
Nestlé abre vagas para Auxiliar Fabricação, Aprendiz Administrativo e Auxiliar Embalagem para PCD em Araras, SP
Pensão alimentícia pode ser descontada do saldo do FGTS
PUBLICIDADE

O Bolsa Empreendedor é um programa que tem como objetivo apoiar empreendedores informais e desempregados em situação de vulnerabilidade.

PUBLICIDADE

Com gestão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a medida faz parte de um pacote de ações do Governo de São Paulo no combate aos impactos gerados pela pandemia.

De acordo com o site do governo, a iniciativa está divida em três pilares de oferta aos cidadãos carentes, com curso de qualificação empreendedora, formalização de microempreendedor individual (MEI) e pagamento de bolsa-auxílio no valor de R$ 1 mil – o valor será repassado em duas parcelas de R$ 500.

Na prática, o programa Bolsa Empreendedor é ideal para quem deseja se tornar MEI, realizar o sonho de um pequeno negócio ou se formalizar para expandir uma atividade já existente.

Apesar de aberta a todos os desempregados ou informais, a ação conta com níveis de prioridade distintos, sendo o foco inicial mulheres, jovens, pessoas negras e pardas, indígenas ou pessoas com deficiência (PcD).

PUBLICIDADE

LEIA TAMBÉM:

Quem pode participar?

Para participar do programa, o cidadão deve ser:

  1. Morador do Estado de SP;
  2. Alfabetizado;
  3. Maior de 18 anos;
  4. Desempregado ou MEI;

Já as vagas prioritárias são destinadas aos seguintes grupos:

  1. Pessoas com baixa renda;
  2. Mulheres;
  3. Pretas, pardas ou indígenas;
  4. Jovens (18-35 anos);
  5. Pessoas com deficiência.

Inscrições abertas

Interessados em participar da ação devem se inscrever até o dia 24 de outubro no portal Bolsa do Povo. A divulgação dos selecionados acontecerá até o dia 1º de novembro via SMS ou e-mail.

Sobre os cursos, as turmas serão distribuídas entre os meses de novembro e dezembro. Com carga horária média de 20h, a duração será de uma semana no total atráves dos formatos online e presencial. Os cursos oferecidos fazem parte do programa Empreenda Rápido, em parceria com o Sebrae.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0