Conheça o Pronampe, que oferece empréstimos com juros menores

HomeNOTÍCIAS

Conheça o Pronampe, que oferece empréstimos com juros menores

O valor adquirido com o programa não pode ser utilizado na distribuição de lucro entre os sócios, mas sim em investimentos como reformas e compras de

Caixa Econômica Federal autoriza saque do PIS/Pasep para quem trabalhou entre 1971 e 1988
Computadores e celulares podem cair de preço com redução da alíquota de importação
PAT oferece vagas de emprego em diversas áreas na cidade de Araras, SP
ANÚNCIO

O valor adquirido com o programa não pode ser utilizado na distribuição de lucro entre os sócios, mas sim em investimentos como reformas e compras de utensílios.

ANÚNCIO

Conheça o Pronampe, que oferece empréstimos com juros menores. O Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Pronampe) começou a oferecer empréstimos desde o dia 25 de julho. O programa foi criado há dois anos com o objetivo de oferecer empréstimos com juros mais baixos e com prazo de pagamento estendido.

O valor adquirido com o programa não pode ser utilizado na distribuição de lucro entre os sócios, mas sim, em investimentos como reformas e compras de utensílios, pagamento de salários de funcionários, despesas operacionais e pagamento de contas.

Em junho do ano passado, o programa adicionou o MEI em sua abrangência e, este ano, foi incluída a necessidade de compartilhamento de informações sobre o faturamento do negócio, juntamente com a possibilidade de negociação do empréstimo.

Veja também

Para estar apto para o crédito, a microempresa precisa ter faturamento máximo de R$ 360 mil anual e a pequena empresa precisa ter um faturamento entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões anuais. Já as empresas de médio porte podem ter faturamento máximo de R$ 300 milhões.

ANÚNCIO

O crédito liberado para os empreendedores é de 30% da receita bruta da empresa em 2019. E segundo as regras, a empresa deve manter o número de funcionários por, pelo menos, 60 dias após a retirada do valor. Caso o negócio tenha sido criado há menos de um ano, o crédito disponível é de 30% da média do faturamento mensal da empresa.

O valor pode ser pago em até 48 vezes, com carência de, no máximo, 11 meses. Sobre a taxa de juros, fica mesma taxa da Selic, que hoje está em 13,25% anual, acrescida de 6%.

ANÚNCIO

Os empresários podem solicitar o crédito na instituição financeira de sua preferência e, para isso, precisa compartilhar seus dados de faturamento, para poder negociar o crédito disponível.

ANÚNCIO

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0