Confira o calendário eleitoral de 2022

HomeNOTÍCIAS

Confira o calendário eleitoral de 2022

Já estamos em 2022. Ano de eleições gerais. O primeiro turno está marcado para o dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o pres

Zezé Di Camargo questiona TSE sobre transparência nas urnas
Rádio e TV começam a veicular propaganda dos partidos no sábado
Prazo para regularizar o título vai até (4) de maio
PUBLICIDADE

Já estamos em 2022. Ano de eleições gerais. O primeiro turno está marcado para o dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, os governadores dos estados e um terço dos senadores; além de toda bancada de deputados federais, estaduais e distritais.

PUBLICIDADE

Confira o calendário eleitoral de 2022. No caso do cargo de presidente da República e de governador, havendo segundo turno, os eleitores voltarão às urnas em 30 de outubro.

Assim como sempre acontece, a votação vai começar às 8h e encerrar às 17h. Mas este ano tem uma novidade. A votação vai acontecer, em todo o país, pelo horário de Brasília.

Ou seja, independentemente do fuso horário, o início e encerramento da votação vai acontecer simultaneamente em todos os estados.

Leia também:

PUBLICIDADE

Quem quiser mudar o local onde vota ou pretenda revisar informações do cadastro eleitoral tem prazo até o dia 4 de maio para solicitar a Justiça Eleitoral. Esse também é o prazo para quem tem mais de 18 anos, e ainda não possui título eleitoral, solicitar a emissão do documento pelo sistema TítuloNet.

Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida que queiram votar em outra seção ou local de votação devem informar essa necessidade à Justiça Eleitoral entre os dias 18 de julho e 18 de agosto.

No período entre 3 de março e 1º de abril, acontece a janela partidária, que é quando deputados federais, estaduais e distritais podem trocar de partido para concorrer às eleições, sem perder o mandato.

Em 15 de maio, pré-candidatos poderão iniciar a campanha de arrecadação prévia de recursos na modalidade de financiamento coletivo. Mas eles ainda não poderão pedir votos e precisam obedecer às regras da propaganda eleitoral na internet.

PUBLICIDADE

Já a realização de comícios, distribuição de material gráfico, caminhadas ou propagandas na internet só é permitida a partir do dia 16 de agosto.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0