Como começar a guardar dinheiro em 2022

HomeNOTÍCIAS

Como começar a guardar dinheiro em 2022

De acordo com informações mais de 62 milhões de brasileiros estão endividados. Sair da inadimplência é possível e pode acontecer já no próximo ano; sa

INSS libera novo benefício de R$ 1.100
Confiança do consumidor aumenta em dezembro
Saiba qual melhor horário para encontrar as melhores promoções na Black Friday
PUBLICIDADE

De acordo com informações mais de 62 milhões de brasileiros estão endividados. Sair da inadimplência é possível e pode acontecer já no próximo ano; saiba como:

PUBLICIDADE

Como começar a guardar dinheiro em 2022. De acordo com o Serasa, mais de 62 milhões de brasileiros estão inadimplentes. Os altos preços, a inflação e a situação geral da economia do país influenciam para o grande número de endividados.

Porém, muitas pessoas buscam sair das dívidas e até começar a guardar um pouco de dinheiro. Seja para emergências ou investimentos, uma reserva é sempre positiva. Por isso, aqui estão algumas dicas para começar 2022 no verde.

Coloque as contas no papel

Está é a parte mais chata do processo, porém não é a mais difícil. Não tem outra saída para organizar as contas sem saber onde o dinheiro é gasto. Coloque todas as suas contas em uma planilha ou em uma folha de papel. Force a mente para ter certeza de que não deixou nada para trás. Existem alguns aplicativos que podem ajudar a organizar os gastos, aliás.

Analise e corte

Depois de visualizar todas as contas, analise cada uma delas. Separe as que são essenciais, como aluguel, mercado, água e luz, por exemplo. Veja se é possível reduzir os gastos com cada uma delas. Negocie o aluguel, gaste menos com produtos supérfluos de mercado, consuma menos água etc.

PUBLICIDADE

Leia também:

As demais contas, entenda como você pode diminuir o gasto com cada uma. Depois veja aquelas que se pode cortar. Pense que os cortes não serão eternos, mas é preciso fazer alguns sacrifícios agora. No futuro, a hora que a vida financeira se estabilizar, os gastos podem ser ampliados também.

Separe uma reserva

Agora é a parte mais desafiadora do processo. Depois de estabelecer as contas e determinar os cortes, coloque em prática. Separe uma quantia mensal para guardar, não importa o valor, apenas seja fiel a esse ato. Se o compromisso for o de guardar R$ 100 ou R$ 1000, guarde e não fique pensando.

Estabeleça metas

Pense em metas de curto, médio e de longo prazo. Por exemplo: juntar R$ 10 mil para reserva de emergência. Coloque entre os objetivos a quitação de dívidas. Pague o cartão de crédito e, se não usar, cancele-o. Lembre-se: os cortes de agora serão compensados no futuro.

Quitando as dívidas

Tente fazer acordo com as cobradoras de suas dívidas. Tenha por objetivo quitar as dívidas maiores primeiro. Busque parcelamentos que caibam no bolso e não sejam tão longos. Aos poucos, a vida entra nos eixos.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0