HomeNOTÍCIAS

Casos de incidência de escorpião crescem em Araras, SP

Casos de incidência de escorpião crescem em Araras, SP

Atenção para cuidados a serem tomados para evitar acidentes é por conta do período de calor que é propício para o aparecimento e proliferação dos

Podcast ‘Papo de Pastor’: Uma jornada inspiradora de fé e testemunhos edificantes
Nove vagas de emprego na Nestlé em Araras e Cordeirópolis, SP
Após temporal, Elektro reforça equipes para restaurar energia em Araras, SP

Atenção para cuidados a serem tomados para evitar acidentes é por conta do período de calor que é propício para o aparecimento e proliferação dos animais peçonhentos.

Munícipes relatam crescente número recorrente a incidência de aparecimento de escorpião na cidade. Nossa equipe recebeu notificações de casos.

Dona Célia, que mora próximo do Parque Ecológico disse que matou o animal dentro do quintal. “Quando vi o escorpião fiquei com muito medo. Não sei como esse bicho apareceu aqui. Talvez por causa da chuva, sujeira nas proximidades”, contou.

Outra reclamação é do Parque das Árvores, de acordo o motorista de aplicativo Ricardo, o escorpião estava dentro de sua casa. “Olha que absurdo, tomei um susto quando isso aconteceu. A equipe de Vigilância Epidemiológica precisa fazer alguma coisa. Tenho criança em casa, é muito perigoso”, acrescentou.

De acordo com o site EPTV, afiliada da Rede Globo, Araras, Américo Brasiliense, Rio Claro e São Carlos (SP) registraram 41 casos de pessoas picadas por escorpião em 2023. Os números foram divulgados pelas prefeituras.

LEIA TAMBÉM

Mulher cai em golpe e paga 3 mil reais por bandeja de ovo em Araras, SP

Justiça condena banco a devolver mais de R$ 27 mil para idoso que caiu no golpe da falsa central telefônica

Olha o golpe! Criminosos usam dados de cliente e música do banco para tentar enganar vítima

Segundo o Instituto Butantan, os escorpiões existem há mais de 450 milhões de anos, são resistentes e bem adaptados à natureza. Esses animais peçonhentos produzem veneno e o injetam pelo ferrão. O Butantan destaca que, como todo ser vivo, eles ajudam no equilíbrio ecológico.

Os escorpiões são animais pertencentes ao Filo Arthropoda, classe Arachnida e são encontrados principalmente em regiões tropicais e subtropicais, vivendo embaixo de rochas, escondidos em materiais orgânico ou em decomposição, presente na superfície do solo de matas, sob folhas, galhos, flores, frutos, sementes e dejetos de animais, além de buracos na terra. No Brasil, há cerca de 160 espécies distribuídas em cinco famílias: a família Buthidae é a mais abundante e nela se encontram as espécies potencialmente perigosas, causadoras de graves acidentes, podendo levar a óbito, principalmente idosos e crianças.

Os escorpiões se alimentam de pequenos insetos, como a barata, e servem de alimento para outras espécies. O instituto aponta que, no Brasil, existem aproximadamente 185 espécies de escorpião e que quatro delas são consideradas perigosas, como o escorpião amarelo.

Apesar de habitarem florestas úmidas e desertos, eles podem viver nas cidades e são encontrados, geralmente, em cemitérios, terrenos baldios, materiais de construção e entulhos.

Cuidados com as áreas externas

  • Mantenha limpos quintais e jardins, não acumule folhas secas ou lixo domiciliar.
  • Acondicione o lixo em sacos plásticos ou outros recipientes fechados e entregue para o serviço de coleta.
  • Elimine baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados,eles são fontes de alimento para os escorpiões.

Entulhos

Preserve os inimigos naturais do escorpião: aves, pequenos macacos, quatis, lagartos, sapos e gansos (as galinhas não são agentes controladores eficazes dos escorpiões, pois possuem hábitos diurnos enquanto os escorpiões, noturnos).

  • Evite queimadas em terrenos baldios para evitar o desalojamento.
  • Remova folhagens, arbustos e trepadeiras junto às paredes externas e muros.
  • Mantenha fossas sépticas bem vedadas.
  • Reboque as paredes e muros, eliminando vãos ou frestas.

Cuidados dentro de casa

  1. Vede soleiras de portas com rolos de areia ou rodos de borracha.
  2. Repare rodapés soltos.
  3. Use telas nas aberturas dos ralos, pias e tanques.
  4. Use telas nas aberturas de ventilação de porões.
  5. Mantenha berços e camas afastados, no mínimo 10 centímetros das paredes.
  6. Evite que mosquiteiros e roupa de cama permaneçam em contato com o chão.
  7. Mantenha todos os pontos de energia e telefone vedados.
  8. Em locais com muita vegetação, feche as portas e janelas de casa ao entardecer.
  9. Mantenha gavetas e armários fechados.
  10. Examine roupas e calçados antes de usá-los, principalmente quando ficaram expostos ou espalhados pelo chão.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISCUS: 0