Bolsonaro: “Auxílio Brasil passa a ser de R$ 600 em 1º de agosto”

HomeNOTÍCIAS

Bolsonaro: “Auxílio Brasil passa a ser de R$ 600 em 1º de agosto”

A PEC dos benefícios foi aprovada nesta quarta-feira (13) de julho. Um dia após a Câmara dos Deputados aprovar a Proposta de Emenda à Constituiçã

Auxílio Brasil: calendário de pagamento, como solicitar, requisitos do programa
Saiba se você vai receber o auxilio Brasil
Atenção famílias poderão ficar de fora do Auxilio Brasil
ANÚNCIO

A PEC dos benefícios foi aprovada nesta quarta-feira (13) de julho.

ANÚNCIO

Um dia após a Câmara dos Deputados aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que turbina benefícios sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que a partir do dia 1º de agosto o Auxílio Brasil passará de R$ 400 para R$ 600.

“É boa notícia para os mais necessitados”, enfatizou.

Para garantir os recursos ao pagamento dos novos auxílios e da ampliação dos benefícios sociais incluídos na PEC, o governo terá de editar uma medida provisória (MP) com crédito extraordinário.

LEIA TAMBÉM:

O valor total de aumento de despesas é calculado em R$ 41,25 bilhões.

ANÚNCIO

A PEC, articulada pelo Palácio do Planalto e sua base governista no Congresso, além de aumentar o valor do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600 por mês, também viabiliza bolsa-caminhoneiro, bolsa-taxista e vale gás. As medidas valem até o fim deste ano.

Durante o discurso em congresso das Assembleias de Deus no Maranhão, o presidente destacou ainda seu esforço em reduzir os preços dos combustíveis.

ANÚNCIO

“Não é fácil enfrentar lobby poderosíssimo como dos combustíveis”, disse Bolsonaro, que sancionou o projeto de lei que estabelece o teto do ICMS para combustíveis, tema criticado por governadores que temem perda na arrecadação.

ANÚNCIO

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0