Aumento nos casos da variante Ômicron resulta em queda na produção de carne

HomeNOTÍCIAS

Aumento nos casos da variante Ômicron resulta em queda na produção de carne

O setor de indústrias de carnes está sofrendo um forte impacto do aumento nos casos da variante Ômicron, o que também dificultou a retenção de funcion

Exportação brasileira de brasileira de carne bovina cai 43% com embargo da China
Preços médios da arroba bovina estão acima de R$ 330
China registra queda no consumo global de proteínas
PUBLICIDADE

O setor de indústrias de carnes está sofrendo um forte impacto do aumento nos casos da variante Ômicron, o que também dificultou a retenção de funcionários por companhias aéreas, hospitais e escolas.

PUBLICIDADE

Aumento nos casos da variante Ômicron resulta em queda na produção de carne. Empresas e sindicalistas disseram que um aumento nas infecções por Covid-19 entre os trabalhadores norte-americanos forçou os frigoríficos a desacelerar a produção e o governo teve que substituir os inspetores de abatedouros.

Segundo a presidente do Conselho Conjunto Nacional de Inspeção de Alimentos Locais, Paula Schelling-Soldner, “os inspetores de frigoríficos do USDA estão cada vez mais testando positivo”.

De acordo com o porta-voz de uma das maiores produtoras de carne bovina dos EUA, Daniel Sullivan, na semana passada a Cargill Inc operou algumas plantas com capacidade de abate reduzida.

PUBLICIDADE

Leia também:

Em meio a um momento de demanda crescente, a menor capacidade de abate reduz a oferta de carne bovina nos EUA. Isso significa que os produtores devem manter o gado por mais tempo nos confinamentos.

Dessa forma, os preços da carne podem aumentar ainda mais devido menor produção.

De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), na última sexta-feira (7), cerca de 112 mil cabeças de gado foram abatidas pelos processadores de carne bovina, registrando uma queda de 6% em relação ao ano anterior. Já os abates de suínos registraram queda de 5% em relação ao ano passado.

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

DISCUS: 0